Ministério do Meio Ambiente lança projeto de conservação “GEF Áreas Privadas”

por Atendimento - 19/12
Ministério do Meio Ambiente lança projeto de conservação “GEF Áreas Privadas”

Ministério do Meio Ambiente lança projeto de conservação “GEF Áreas Privadas”

Em evento realizado no dia 11/12, o Ministério do Meio Ambiente (MMA), em conjunto com o Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS), lançou o projeto GEF Áreas Privadas - Conservando Biodiversidade e Paisagens Rurais. A iniciativa tem como objetivo incentivar a conservação, o uso sustentável da biodiversidade e a provisão de serviços ecossistêmicos em áreas privadas. O projeto tem apoio da ONU Meio Ambiente e patrocínio do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF).

O GEF Áreas Privadas parte de três abordagens principais: implementação de áreas pilotos na Mata Atlântica e no Cerrado; estabelecimento de acordo com empresas do setor florestal (papel e celulose) e melhoria das capacidades públicas. Além da conservação da biodiversidade e da redução da perda e degradação florestal, espera-se que as práticas estimulem ações de manejo para redução de emissões de gases do efeito estufa e aumento do sequestro de carbono.

O projeto é uma forma de ampliar a discussão sobre a questão ambiental. A partir da perspectiva das áreas privadas, a iniciativa é uma maneira de promover e incentivar práticas de conservação por meio de capacitação e incentivos. Atualmente, o Brasil conta com um amplo número de proprietários privados com experiências ricas nesse sentido. “Há um conjunto de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) com proprietários que estão promovendo ações de grande relevância para o meio ambiente e, ao mesmo tempo, estão gerando renda e promovendo inclusão social”, exemplificou o secretário de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, Fernando Lyrio.

Fonte: MMA, 2018.

Atendimento

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

©Insight Educação Executiva

by nerit