Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos

por Suporte - 14/11
Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos

Fundo Amazônia atinge 1 bilhão em desembolsos

Fundo Amazônia, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), atingiu no mês de outubro a marca de R$ 1 bilhão em desembolsos. Os dados foram apresentados a representantes dos governos da Noruega e da Alemanha, principais doadores da iniciativa, além da Petrobrás, no Rio de Janeiro, na semana passada.

 O Fundo Amazônia, que completou 10 anos em junho deste ano, capta doações de instituições nacionais e internacionais para realizar o financiamento não reembolsável de ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento na Amazônia Legal. Também atua no fortalecimento do uso sustentável dos recursos florestais no Brasil e em outros países tropicais. 

 No Brasil, o incentivo a uma economia florestal é um dos focos do Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal, o PPCDAm, política pública alinhada ao Fundo Amazônia. A quarta fase, com previsão de término em 2020, trouxe um eixo destinado a criar instrumentos normativos e econômicos para o setor produtivo sustentável. Desde o lançamento do PPCDAm, em 2004, o Brasil garantiu uma queda de 75% de desmatamento na Amazônia, o que permitiu a captação de mais de R$ 3 bilhões em doações.

 O secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Thiago Mendes, adianta que o aporte deve ser ampliado. “Devido ao resultado de redução do desmatamento alcançado em 2017, o Fundo Amazônia aumentará seu potencial de captação de novas doações em mais 289 milhões de dólares”, afirma Thiago Mendes.

 Fonte: Ascom MMA, 2018.

 

Suporte

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

©Insight Educação Executiva

by nerit