Conselho dá aval para exploração de três minas no parque do Rola-Moça

por Suporte - 28/11
Conselho dá aval para exploração de três minas no parque do Rola-Moça

Conselho dá aval para exploração de três minas no parque do Rola-Moça

Os conselheiros da unidade de conservação deram aval para ativação de três minas de exploração de minério de ferro no entorno do local. O projeto de uma delas prevê até a construção de uma estrada dentro do parque, com a supressão de três hectares de mata ciliar.

A mina Casa Branca está localizada na unidade e foi desativada em 2001 em função de questionamentos do Ministério Público de Minas Gerais quanto ao processo de licenciamento ambiental. Após a decisão, a operação foi abandonada, e os passivos ambientais, deixados. Agora, outra empresa, a MGB Mineração, quer retomar o empreendimento, fazendo um trabalho chamado por ela de “corretivo”, com estabilização da cava e extração de minério de ferro. Mas, para escoar a produção, vai construir uma estrada dentro da área de conservação.

Já as outras duas minas aprovadas no conselho são da Vale e ficam fora do parque, em um local chamado “zona de amortecimento”. A aprovação do conselho do parque é uma das etapas do licenciamento ambiental. Antes de definir o futuro de qualquer empreendimento nas proximidades da área de conservação, são feitas essas reuniões de conselheiros.

Segundo a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad), a visão do conselho tem caráter consultivo, e não de decisão. O órgão disse ainda que os projetos passam por análise criteriosa, e sociólogos ouvem a população afetada antes de decidir pela liberação do licenciamento ambiental.

Fonte: Jornal O Tempo, 2018.

Suporte

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

©Insight Educação Executiva

by nerit