Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprova repasse de recursos para o Programa Antártico Brasileiro

por Atendimento - 26/12
Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprova repasse de recursos para o Programa Antártico Brasileiro

Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprova repasse de recursos para o Programa Antártico Brasileiro

Recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) poderão ser destinados ao Programa Antártico Brasileiro (Proantar) para despesas de telecomunicações, o que inclui compra de equipamentos. Projeto (PLS 433/2018) com esse objetivo foi aprovado na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e segue para exame da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Otto chamou a atenção para a profunda crise pela qual passa o Proantar. Citou um documento do Centro Polar e Climático da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), alertando que a continuidade da presença brasileira na Antártica, existente desde 1982, corre hoje grave risco devido à escassez de recursos.

— A UFRGS aponta que desde 2013 não são realizados editais para a pesquisa no continente, situação que na prática tornará improdutivo o recente investimento na reconstrução da Estação Antártica, destruída por um incêndio em 2012. Segundo os pesquisadores, há o risco concreto de a nova estação, que custou U$ 100 milhões, ser inaugurada sem a presença de um único cientista. Essa situação pode causar problemas à participação do Brasil no Tratado da Antártida, acordo que demanda a realização de substancial atividade científica para que a nação preserve direito de voto nas decisões sobre o continente —alertou Otto.

Fonte: Agência Senado, 2018.

Atendimento

Deixe seu Comentário

Você também pode se interessar

©Insight Educação Executiva

by nerit